Seguidores

29.12.07

Aconteceu em Hollywood



Mary Astor
Os seus diários pessoais foram divulgados durante o processo de separação. Eles traziam detalhes um tanto quanto picantes sobre sua vida amorosa e amantes.

Charles Chaplin

Chaplin e Lita Grey, nos bons temposChaplin sempre teve problemas com mulheres. Sempre. Com sua primeira esposa, Mildred Harris, foi acusado de praticar cunilíngua (coisa que chocou os puritanos) e com a sua segunda esposa, Lita Grey o negócio foi ainda mais complicado. Partes dos depoimentos dados por Lita foram vendidos e lá continham detalhes como o fato de Chaplin gostar de orgias, sair com varias atrizes enquanto ainda estava com Lita (havia inclusive uma listinha com pelo menos 10 nomes) e obriga-la a fazer certos tipos de sexo que a então inocente Lita não aprovava. Depois desse escândalo Chaplin ainda se envolveu em outro, dessa vez com uma ex namorada, que afirmava estar grávida dele: o detalhe é que a garota tinha idade de ser sua filha. Ela disse que teria engravidado quando foi à casa do comediante no natal com uma arma. No que ele respondeu que jamais conseguiria ter ereção com uma arma na cabeça.

Hedy Lamarr
Ecstasy Ela contracenou uma cena no filme Ecstasy, em que corria nua e acabava mergulhando num rio. Após isso, havia uma simulação de sexo. A cena durava 10 minutos, mas foi proibida e teve suas copias queimadas. Por causa disso Hedy também foi espancada pelo marido e teve que fugir para Paris.

Roman Polanski
O diretor polonês foi acusado de drogar e estuprar uma atriz de 13 anos, numa orgia na casa de Jack Nicholson, em Beverly Hills. Polanski teve que fugir dos Estados Unidos para escapar do processo.


Lana Turner
Lana e Johnny Stompanato. Lana teve inúmeros amantes e aproveitou tudo o que a sua juventude e beleza puderam lhe arranjar. Mas já na meia idade, em 1958 envolveu-se num terrível escândalo, quando sua filha ainda menor, Cheryl Crane, matou a facadas o amante da mãe, Johnny Stompanato. Exploração sexual estava entre os motivos que motivou a garota a tal ato.

Errol Flynn
Adorava garotinhas. Mas seu “esporte” tornou-se complicado quando duas garotas o acusaram de estupro, em 1942. Depois de um longo processo ele foi absolvido.

Jane Fonda
Participava de orgias, para agradar Roger Vadim.

Rock Hudson
Um dos maiores galãs de Hollywood, foi um dos primeiros a morrer por causa da AIDS. Sua biografia revelava aquilo que o publico não desconfiava: sua homossexualidade. Para tentar abafar o caso, os executivos arrumavam-lhe casamentos de mentira, e depois de sua morte, um ex amante entrou na justiça para conseguir alguns milhões de dólares, alegando que não tinha sido informado da doença do ator.




Um comentário:

Roderick Verden disse...

É, o Chaplin era o mais depravado!
Essa da Hedy Lammarr ter sido espancada pelo marido...

Related Posts with Thumbnails