Seguidores

18.12.07

Maty Pickford

Com 5 anos, ela já encenava pequenos papéis. Aos 8, tornou-se a única provedora da família, quando a mãe ficou viúva. Adolescente, com seus cabelos cacheados e cara de boneca, foi para a Broadway e surpreendeu os diretores ao pedir trabalho dizendo que era “o pai da família”. Logo começou a pegar papéis maiores e, com seu talento natural para a comédia, transformou-se numa das estrelas mais amadas do cinema mudo. Dona de olhos expressivos, Mary também tinha um aguçado tino comercial.
A jovial Mary Pickford tinha 16 anos quando conheceu D.W. Griffith que lhe deu seu primeiro papel. Ela atuou no filme Pippa Passes (1909), baseado em um drama de Browning. As personagens de Mary estavam sempre intimamente ligadas à pureza, passavam uma imagem jovial de uma virgindade impossível de ser profanada. Mary logo virou um sucesso. Virou uma estrela que escolhia seus roteiristas e dava palpites até na direção e produção. O corpo de Mary e seu olhar inocente, foram cruciais na sua carreira. Possibilitaram-na de fazer o filme Pollyanna ( de 1920 ) quando ela tinha 27 anos e ainda fazia um papel de 12 anos. No filme Daddy-Long-Legs ( 1919) com 26 anos fez um papel de garota órfã. A direção que a sensualidade tomou com Mary Pickford foi de associar sexo com pureza casta, angelical e próxima dos deuses. Trocava-se a imagem quase maligna da vampira pela santidade da virgem. Uma nova reviravolta sexual aconteceria no Cinema. Durante a Grande Depressão e a Era da Proibição, a sensação sexual que surgiu foi Mae West. Ao contrário do clima no qual se encontrava os Eua, Mae West era uma explosão de bom humor e voluptuosidade.
Aos 26 anos, fundou a United Artists Corporation com Charlie Chaplin, D. W. Griffith e seu futuro marido, Douglas Fairbanks. A companhia, além de produzir os filmes, distribuía-os. O negócio começou a dar dinheiro, a tal ponto que Mary deixou as telas aos 40 anos, em 1933, como uma das mais bem-sucedidas empreendedoras do cinema – e certamente a primeira. Morreu riquíssima.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails