Seguidores

18.12.07

Elisabeth Taylor

Simplesmente linda. Nascida em Londres, em 1932, de família riquíssima, Liz Taylor desde cedo teve aulas de balé e etiqueta. Em 1939 a família toda foi morar em Beverly Hills. Sempre chamava a atenção por onde passava, por causa da sua beleza. E, por conta disso, foi descoberta aos 10 anos por caçadores de talentos. Estreou no cinema em There’s one Born every minute (1942). Na MGM fez filmes como Lassie (1943), A mocidade é assim mesmo (1944) e Nossa vida com papai (1947). De criança prodígio passou a mulherão, em filmes como O papai da noiva (1950).
Sua vida pessoal é um capítulo à parte. Seu primeiro marido (de uma listinha admirável de 8, até o presente momento) foi Nicky Hilton, herdeiro de uma cadeia de hotéis, quando ela tinha apenas 18 anos. O segundo foi o ator Michael Wilding. O terceiro o empresário Mike Todd (na época de seus maiores sucessos, como Assim caminha a humanidade de 1956). Ficou viúva de Todd ( que morreu num desastre de avião). O próximo foi Eddie Fisher, melhor amigo do finado Todd.
Seu primeiro Oscar veio com Disque butterfield (1960), numa época em que quase morre de uma pneumonia. O seu segundo foi com Quem tem medo de Virginia Wolf? (1966).
Nos anos 60 uniu-se com Richard Burton, depois de conhece-lo em Cleópatra (1963). Talvez tenha sido mesmo o seu grande amor. Depois disso tornou-se uma viciada em drogas e remédios, tornando-se cada vez mais gorda e triste. Sua carreira, conseqüentemente, começou a cair. Depois do fim do seu casamento com o senador americano John Warner, em 1982, internou-se numa clínica de tratamento para viciados. Lá conheceu Larry Fortensky, com quem se casou. Hoje em dia é mais lembrada como amiga de Michael Jackson. Também tem se dedicado em levantar recursos para pesquisas, como contra a aids e também tem uma linha de perfumes

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails