Seguidores

18.12.07

Escândalos em Hollywood

Saiu um livro (mais um) falando sobre os escândalos sexuais de Hollywood. Trata-se de “Escândalos de Hollywood”, de Nigel Cawthorne. Eis algumas coisas que é possível saber por lá:

Muitas divas submetiam-se ao teste do sofá com os diretores, certas de que obteriam melhores oportunidades em cena. Joan Crawford é considerada, neste quesito, a “rainha do teste da cama”, se apresentando sempre nua para o diretor. E pensam que foi só na juventude? Já velhinha, aos 65 ela se mostrou como veio ao mundo a Steven Spielberg, que na época tinha 20 anos!

Bom, Marilyn Monroe, como é sabido, também atingiu o sucesso distribuindo favores sexuais. Reza a lenda, que ao chegar em Hollywood, ela mandou um bilhete a um executivo, que dizia o seguinte: “Esta garota faz um ótimo boquete”.

Clara Bow – “The It Girl” – uma vez entreteve o time inteiro de futebol da Universidade do Sul da Califórnia, incluindo John Wayne. Lílian Gish, depois de ter sido estuprada ainda adolescente, não conseguiu mais parar.

Greta Garbo e Marlene Dietrich eram bissexuais. Marlene disse à sua filha que com homens só gostava de sexo oral, pois assim mantinha o controle. Lana Turner preferia os homens violentos.

Rita Hayworth teve um caso amoroso com seu pai. Grace Kelly era sabidamente uma ninfomaníaca até que conseguiu, sabe-se lá como, falsificar um teste de virgindade e tornar-se esposa do Príncipe de Mônaco.

Charles Chaplin só gostava de garotas jovens, beeeem jovens, enquanto que Rudolf Valentino teve dois casamentos não consumados. Apesar de aparentemente atrair amantes lésbicas, ele subiu rapidamente como “garoto de programa”, satisfazendo várias mulheres em Nova Iorque.

Paullete Goddard era conhecida golpista dos EUA, e também conseguia favores através de , digamos, trocas. (ta me entendendo, né?); Isso antes de casar com Charles Chaplin (a quem, confessadamente, teria dito a que vinha).

Douglas Fairbanks e Mary Pickford mantinham um caso enquanto ainda eram casados com outras pessoas. Marion Davies era a amante conhecida de um grande empresário, devolvendo, inclusive as jóias que ele lhe dera quando ele esteve em apuros financeiros.

Clark Gable tinha a fama de ser o pior de cama em Hollywood. Mesmo assim, um número enorme de mulheres podia atestar este fato. (só para constar: ele tinha bafo de onça e era banguelo). Diga aí. O temperamental James Dean teve casos homossexuais e gostava que apagassem cigarros em sua carne despida.

E aí, quem dá mais? Ops, conhece mais coisas? Heim?

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails