Seguidores

18.12.07

Fred Astaire

De família de origem austríaca, Fred Astaire nasceu em 1899, nos Estados Unidos. . Aos cinco anos já dava seus primeiros passos na dança. Com sete anos, o pequeno Frederick já dançava na vaudeville com a irmã Adele. Aos poucos ganharam fama no teatro, estreando grandes espetáculos, como “Over the top”. Por volta de 1917 começaram a conquistar a Broadway, com comédias musicais.
A carreira dessa dupla acabou quando sua Adele se casou. Asteire, que amava a dança, continuou e fez um teste para o cinema em 1923. Daí o resultado do estúdio para sua não aprovação: “não representa. Ligeiramente calvo. Dança um pouco”. Pois é, mas esse “pouco” ele consolidou ao lado de parceiras como Ginger Rogers, que fez com ele mais de dez filmes. Dizem que os dois não se davam bem atrás das telas.
Estreou no cinema em 1933 num filme de Robert Z. Leonard. Mas o sucesso só veio mesmo quando se juntou a Ginger, no filme Flying Down to Rio. Essa dupla, na década de 30 era das mais espetaculares.
Trabalhou também com Rita Hayworth, Judy Garland, Eleanor Powell, Cyd Charisse e Leslie Caron.
Era tremendamente perfeccionista, e tinha uma interpretação intuitiva de muitas canções. Filmes que ficaram imortalizadas com sua presença: “Amor de dançarina” (1933), A hora final (1959), O caminho do arco-iris (1968), dentre outros. “Inferno na torre” de 1974 lhe rendeu uma indicação ao Oscar de ator coadjuvante. Mas ele já havia ganho um Oscar especial em 1949, pela sua contribuição ao cineam. Durante os anos 60 fez alguns papéis dramáticos. Em 1981 recebeu o Life Achievement Award do American Film Institute.
Na vida pessoal, Fred casou-se em 1932 com Phyllis Livingston, ficando juntos até a morte dela, em 1954. Com ela teve dois filhos. Sua segunda esposa, Robin Smith, era uma jockey profissional, com quem ele se casou em 1980. Ela era 44 anos mais jovem que ele.
O príncipe da dança faleceu em 1987.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails