Seguidores

29.12.07

Jezebel

O filme, baseado na obra de Owen Davis Senior, é um romance que se passa em Nova Orleans, pouco antes da guerra civil. Bette é uma moça teimosa e maquinadora, que se apaixona por um homem que se casa com outra. Para vingar-se dele, ela casa-se com outro homem. Não, não estou falando de E o vento Levou. Mas sim de Jezebel. Jezebel foi para Bette Davis um prêmio de consolação por não ter ganho o papel de Scarlett O’Hara em E o vento Levou....

Com um orçamento avaliado em US$ 1,25 milhão, o filme conta ainda com Henry Fonda, como Preston Dillard, verdadeiro amor de Julie Marsden, personagem de Bette. Ela acabou recebendo o Oscar de Melhor atriz em 1938 (esse Oscar encontra-se atualmente com Steven Spielberg, que o comprou em um leilão em 2001). Fay Bainter ganhou o de melhor atriz coadjuvante. Esse foi também o primeiro dos três filmes em que Bette Davis e o diretor William Wyler trabalharam juntos (os outros foram A carta e Pérfida).

Assistindo ao filme, fica a impressão de ter uma espécie de imitação de E o vento Levou. Claro que Bette merece todos os méritos, mas mesmo assim fica difícil não achar o filme um genérico.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails