Seguidores

18.12.07

Marlon Brando

Escrevo essas linhas porque soube que Marlon Brando faleceu. E ele nem estava nos planos do purviance. Mas merece toda a minha admiração. Sua vida foi, antes, marcada pelo sucesso e pelos escândalos em família.
Brando nasceu em 1924 nos Estados Unidos. Estudou no famoso Actors Studio, uma escola de arte de Nova York. Trabalhou nos palcos da Broadway, na famosa peça “Um bonde chamado desejo”, de Tenesee Williams, na montagem de 1947. Sempre chamou a atenção com o seu comportamento rebelde, e sua beleza acabou por favorecer o estrelato. Sua estréia no cinema foi com “Espíritos indômitos”, de 1950. em 1951 já tinha sua primeira indicação ao Oscar, com “Uma rua chamada pecado”. Na década de 50 não parava de trabalhar, fazendo ainda sucessos como “Viva Zapata” e na adaptação da peça de Shakespeare, “Júlio César”.
Mas 1953 e 54 podem ser considerados os melhores de sua vida artística. Nesses anos ele fez “O selvagem”, “Sindicato dos ladrões” (que lhe deu o primeiro Oscar) e “Desiree, a Amante de Napoleão”. Na década seguinte continuou trabalhando, estreando como diretor em “A face oculta”. Nessa época, durante as filmagens do longa “O grande motim”, conheceu a dançarina Talita, no Taiti, com quem acabou casando e tendo dois filhos.
O segundo Oscar veio com “O poderoso chefão”, de 1972, de Francis Coppola. Se bem que ele recusou esse Oscar, para chamar a atenção dos poderosos para os problemas dos índios americanos. Outro grande sucesso foi “O ultimo tango em Paris”, do mesmo ano.
Na década de 70 ele comprou uma ilha no Taiti, onde ficou recluso, ainda atuando em algumas produções hollywoodianas, tais quais “Superman” (1978) e “Apcalypse now” (1979). Na década de 90 ele voltou em “Dom Juan de Marco”, atuando com o grande Johnny Deep (grande fica por minha parte). Gordo, não lembrando em quase nada o galã que um dia fora, a não ser pelo olhar. Já então um homem marcado pela vida. Marlon passou por uma grande tristeza com relação aos filhos, com seu filho preso por homicídio (matou o namorado da irmã). E esta última se suicidando, depois de algumas tentativas frustradas. Bem, li em algum lugar, em algum tempo (bem, talvez tenha sido sonho ou pesadelo, sei lá), que na verdade o Cristian (filho dele) matou o namorado da irmã por ele mesmo ter um caso incestuoso com ela. E que ela, angustiada (na verdade sempre sofreu de depressões) teria conseguido se matar. Bem, antes que eu ache que estou louca, desconsiderem esse parágrafo, se nada encontrarem a respeito (vai ver foi um sonho mesmo).
De qualquer forma, um ator maravilhoso, um currículo invejável. Meus aplausos a você Marlon. Onde estiver. Paz e bem.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails