Seguidores

18.12.07

Os grandes da época clássica

A indústria cinematográfica começou a expandir-se e tomar ares de grandiosidade ainda na década de 20. Nessa época, a maior parte era produzida num ambiente interiorano chamado Hollywood, embora algumas indústrias se localizassem em New Jersey e em Astoria. Na década de 20, os filmes já eram um grande negócio: durante essa década, foram realizados por volta de 800 filmes (quando hoje em dia os números são bem menores). Claro que os filmes em sua grande maioria eram curtas, mas com o tempo e o investimento, elas passaram a se tornar cada vez maiores e mais caras.
Os gêneros eram os mais diversos, embora os melodramas ainda fizessem mais sucesso. Tinham ainda os westers, horror, e as comédias pastelão (muita, muita torta na cara). Durante a década de 30, muitos artistas europeus migraram para os Estados Unidos, e fizeram muito sucesso, como por exemplo Greta Garbo, Póla Negri, Ernst Lubitsch, dentre outros. Nessa época já existiam as grandes indústrias, e os artistas começaram a ser cada vez mais valorizados.
Os estúdios, antes baseados na improvisação, foram aos poucos se organizando e formando uma grande estrutura. Os contratos com os artistas tornavam-se mais longos, estes, por sua vez, começavam a ser conhecidos por seus nomes. O esquema de distribuição de filmes acontecia mais ou menos assim: grandes nomes puxavam o sucesso de determinada indústria cinematográfica (tipo Greta Garbo). Na hora de vender um de seus filmes, o estúdio vendia-o juntamente com duas películas de atores de menor sucesso. Isso chateava alguns atores que viam seus nomes ligados a outros de pouco estrelato. Isso tampouco agradava os donos dos grandes cinemas, que eram obrigados a comprar filmes de pouco sucesso, em troca de ter estrelas passando em suas salas.
Nessa altura, os principais estúdios de maior sucesso nos Estados Unidos eram conhecidos como as 5 grandes. Juntos eles tinham um monopólio das grandes salas, tendo mais facilidades para passar seus grandes sucessos. As 5 grandes foram:
Warner Bros Pictures, dos irmãos Jack, Harry, Albert e Sam. Essa indústria começou a se popularizar com os filmes falados (o primeiro produzido foi Jazz Singer de 1927). Eram populares também os filmes de gangsters, mas o que fez da Warner um estúdio de enorme sucesso foram mesmo os cartoons.
Paramount, fundada em 1916, que contava com as grandes estrelas como Cecil B. DeMille e Bing Crosby.
RKO (Radio Keith Orpheum), que na verdade era a Mutual ampliada. Mantinha-se com os musicais, e contava com artistas como a dupla Astaire e Ginger Rogers. Contou também com sucessos como Cidadão Kane.
MGM (Metro Goldwyn Mayer), que antes chamava-se somente Metro. Lembram do famoso rugido do leao? Ele podia ser visto em sucessos como E o vento levou e O mágico de Oz. Artistas como Clark Gable e Greta Garbo. trabalharam no MGM. Os cartoons de Tom e Jerry também foram produzidos no MGM.
Fox Film Corporation foi fundado em 1912 por William Fox. Grandes musicais também foram realizados nessa companhia.
Por fora ainda corriam os pequenos estúdios, como a Universal Pictures, a Columbia Pictures e a United Artists (união dos artistas loucos Chaplin, Mary Pickford e Douglas Fairbanks), que tentavam loucamente sobreviver nesse mundo não menos louco do cinema.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails