Seguidores

29.12.07

A Star is Born



* Norman Maine (Maison), astro de cinema decadente e alcoólatra, conhece Esther Blodgett (Garland), uma sonhadora artista que deseja o estrelato. Depois de um tempo os dois se casam e ela começa a se transformar numa grande estrela, que agora atende por Vicky Lester. É aí que começam seus problemas, pois o marido não agüenta ver ao mesmo tempo sua derrota e a vitória de Esther como artista, o que acaba levando-o para as bebidas. Isso acaba abalando a carreira da esposa.

* George Cukor era conhecido como o “diretor das estrelas”, tendo dirigido Greta Garbo, Katharine Hepburn, Ingrid Bergman, Claudette Colbert, Lana Turner, Judy Holliday, Judy Garland, Marilyn Monroe, Ava Gardner, Joan Crawford, Anna Magnani, Sophia Loren, Jane Fonda, Audrey Hepburn.

* Esse foi o primeiro filme realizado em cinemascope, e teve que ser cortado para ser exibido em escala comercial. A versão original tinha 3 horas. A warner cortou meia hora, e Judy e Cukor aborreceram-se por causa disso. Somente recentemento foram descobertas as cenas cortadas, dentre elas 18 minutos de um número chamado “Born in a Trunk”.

* Judy foi a maior injustiçada de todos os tempos no Oscar. Ela competia como melhor atriz, e era uma unanimidade em todos os meios, porém, a Academia preferiu dar o Oscar para uma aguada Grace Kelly em “Amar é sofrer”.

* Esse filme é uma refilmagem do original de William A Wellman, que ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Original, tendo sido indicados Fredric March e Janet Gaynor como melhor ator e atriz. Na década de 70 foi refilmado em estilo rock, tendo Barbra Streisend no papel de Vicky. Porém, essa versão foi excluída pelo público, e se não tivesse sido feita não faria falta.

* Judy desejava fazer esse filme desde a dácada de 40, mas Mayer não concordou na época.




Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails