Seguidores

2.1.08

Olive Thomas - Silent actress



Nascida Oliveretta Elaine Duffy, em outubro de 1894, no subúrbio de Pittsburgh, Olive Thomas foi uma das silents actress mais famosas. Em 1911, aos 16 anos casou-se pela primeira vez, com Bernard Thomas, mas as núpcias duraram somente 2 anos. Após o divórcio Olive foi para Nova York, onde trabalhou em algumas lojas. Em 1914 ganhou um prêmio como a garota mais bonita de Nova York. Começou a fazer capas de revistas, e daí para o Ziegfeld Folies foi um pulo. Nesse período chegou a posar nua, e o assédio masculino era enorme. Diante do sucesso absoluto nas rodas masculinas não foi difícil conseguir um contrato com a International Film Company, onde, em 1916 ela estreou em Hollywood. Nos próximos 4 anos faria 20 filmes. Em 1918 assinou com a Selznick Pictures Company, onde assumiu um ar angelical, a mocinha ao estilo Mary Pickford, sua cunhada. Em 1920 já era considerada uma das atrizes mais populares do cinema, embora alguns jornalistas tivessem “descoberto” seu passado de ziegfeld e suas fotos nuas.

Mas o que acabou chamando mais a atenção foi exatamente a vida por trás das telas. Casou-se em segundas núpcias com Jack Pickford (irmão da Mary Pickford), Os dois tinham talento, mas pareciam mais preocupados em aproveitar a vida (os loucos anos 20): passavam noites dançando, bebendo e se drogando loucamente.

Em 1920, em Paris, a atriz preparava-se para uma nova película, quando foi encontrada semi-morta em seu quarto, no Hotel Ritz. Tinha 26 anos. Chegou a ser socorrida, mas acabou falecendo alguns dias depois. Foi amplamente divulgado que sua morte foi devido a uma combinação errada de bebidas e comprimidos, mas também comentou-se que ela teria ingerido uma dose enorme de uma medicação utilizada na época para combater a sífilis, prescrita por seu marido Jack. Falou-se também em suicido. Depois das investigações, a morte foi considerada acidental, Jack liberado e Olive Thomas esquecida.



Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails