Seguidores

23.11.08

Deneuve, de A Bela da Tarde, diz que teria se tornado arquiteta

Catherine Deneuve, um dos nomes mais respeitados quando o assunto é atuação, afirmou que seria arquiteta caso escolhesse outra carreira. "Eu acho que gostaria de ter sido uma arquiteta ou arqueologista. Eu acho fascinante, tentei que meus filhos seguissem essas carreiras", declarou a atriz em entrevista ao cineasta Arnauld Desplechin na edição deste mês da revista norte-americana Film Comment.

Para Deneuve, imortalizada em filmes como A Bela da Tarde ou Tristana - ambos de Buñuel -, o ponto de mudança foi quando participou de Os Guarda-chuvas do Amor, de Jacques Demy. "O cinema me ajudou a crescer, sem dúvida alguma. Antes de atuar, eu desconhecia muitas coisas".

Deneuve também admitiu sua admiração por Marilyn Monroe. "Definitivamente, atores nunca chamaram muito minha atenção, sempre tive ao lado dos diretores. Com exceção da Marilyn". Uma característica presente em sua atuação é a firmeza do olhar. "Acho que sempre caminhei na direção desse tipo de interpretação. Talvez seja porque eu nunca tenha freqüentado uma escola de atores".

O último trabalho da atriz poderá ser conferido nos cinemas a partir de 25 de dezembro, quando Um Conto de Natal, exibido no Festival de Cannes deste ano, estréia. Deneuve e Desplechin, atriz e diretor, trabalharam juntos no filme. No longa, ela interpreta uma matriarca que descobre que está com uma doença degenerativa e reúne a problemática família para a festa de natal.

Deneuve foi indicada ao Oscar de atriz coadjuvante por Indochina (1993), dois prêmios honorários em Berlim,um em Cannes e outro em Veneza.

Da Redação www.cineclick.com.br

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails