Seguidores

1.4.09

Nosso querido mentiroso : Orson Welles



1938, 08h: Um jovem ainda desconhecido, chamado Orson Welles, começa a transmitir em um programa de rádio da CBS uma dramatização de "A guerra dos Mundos", de H.G. Wells. A interpretação, interrompida por frases desesperados do radialista, cada vez mais desesperadores, à medida que os meteoros e os extraterrestres, vindos de Marte, invadiam a Terra.

Acontece que a interpretação de Orson foi tão realista, que acabou criando caos e pânico geral: o povo começou a fugir pensando se tratar de uma história real, desesperadas, se escondendo ou correndo para as ruas. Algumas se armavam procurando os marcianos e outras se enrolavam com toalhas para que o efeito do gás liberado pelos alienígenas não fosse fatal.


09h: Terminava o programa, e Welles informava ao público que o mundo continuava igualzinho e que ninguém iria brincar. Era só... uma brincadeirinha. Óooo


Resultado: manchete em TODOS os jornais do dia seguinte, e muita, muita indignação. Muitos exigiram punição ao radialista. Sua transmissão se tornou um marco histórico e um retrato do poder da mídia sobre as pessoas. Welles faria um estrondoso sucesso, dessa vez nas telas, com o inimitável Cidadão Kane, considerado por muitos como o Melhor filme de todos os tempos.

Um comentário:

M. disse...

Além do texto, amei as fotos! Beijos.

Related Posts with Thumbnails