Seguidores

27.6.09

Liza Minelli, sobre Michael: “Os demônios virão à tona”

image

 

Liza é amiga de Michael Jackson de longa data. Em entrevista a TV CBS, ela disse que “Os demônios virão à tona” assim que saírem os resultados da autópsia do cantor, pois poucos sabiam como ele verdadeiramente era.

"Agora há muita especulação, e tenho certeza de que quando o resultado da autópsia chegar, todos vão cair em cima dele como o diabo. Os demônios vão vir à tona. Graças a Deus estamos celebrando-o agora", disse.

 

Liza está arrasada com a notícia, como quase todos do mundo, e completou a entrevista dizendo que ele era um homem maravilhoso, e que deixará imensas saudades nela.

Um comentário:

M. disse...

É. E quem ficou arrasadíssima também foi Elisabeth Taylor. Claro, que eu e todo o planeta terra que não o conhecíamos de fato (digo de conhecer mais intimamente a pessoa que ele era). Muitos o julgam pela aparência, pelos atos cometidos e os que dizem ter cometido. Mas a impressão que tenho dele é o de um alguém muito especial, dos depoimentos que vi penso que ele era uma pessoa muito humana, mas que era vítima da própria fama. Triste. Espero que esses "demônios" citados pela Lisa fiquem onde estão ou não apareceçam nesse momento tão doloroso, aliás eles não ofuscarão esse momento.

Michael Jackson não viveria muito devido ao turbilhão de problemas que se transformou sua vida, além da saúde frágil e sua dependência química aos analgésicos. Muitos excelentes artistas morreram como ele, basta lembrar da nossa pequena notável Carmen Miranda, que também não vivia sem seus inúmeros remédios e sofreu uma parada cardíaca até mais nova que ele, aos 45 anos.

Eu fiquei também entristecida, meu coração ficou doído e minha mãe que não dormiu de tão emocionada que ficou. Realmente concordo com o que disse um chefe de fã clube brasileiro de Michael Jackson na TV: "O mundo era fã de Michael Jackson e o amava".

Related Posts with Thumbnails