Seguidores

30.11.09

Cabides nela

Li o livro “Mamãezinha Querida” há alguns anos atrás. Mas não fiquei com pena da Christina, filha coitada de Joan Crawford. No livro (e no filme) ela é colocada como um pobre criatura maltratada sem razão aparente, carente, e que, como um cachorrinho, corre sempre atrás da mãe malvada, no caso, Joan Crawford.

mamaezinha querida2

Uma cena que chama a atenção é a que a pobrezinha apanha até dizer basta por causa dos cabides usados em suas roupas. Chorei litros.

mamaezinha querida3

A Faye Dunaway, que fez a Joan, tinha tanta certeza que tinha atuado bem que se considerava uma das favoritas a um prêmio. Sim, ela ganhou! Ganhou como Pior Atriz do Framboesa de Ouro. E não foi só: o filme ganhou como o Pior do Ano, e da Década.

425.dunaway.mommie.dearest.060608  

Adendo: Acho que se Christina não sabia porque estava apanhando, Joan sabia porque batia: a menina iria crescer uma atriz frustrada, e ganhar dinheiro escrevendo uma biografia fantasiosa (sim, porque creio que 90% é fantasia) a respeito de sua mãe.

8berw37

né?

3 comentários:

Júnia L. disse...

Adorei a postagem,

Também assisti “Mamãezinha Querida”, mas não li o livro. Concordo com você que o filme é uma tragédia e também acho complicadas essas biografias fantasiosas, fruto de filhos frustrados que não conseguiram atingir o estrelato de seus pais.

Magda Miranda disse...

Gostei dessa matéria muito interessante.

Viviane Moreira disse...

Eu vi o filme.
Lembro de ter lido em algum lugar que tinham escalado outra atriz pro papel, mas como ela era amiga de Crawford ela se recusou a faze-lo, foi ai que entrou Dunaway.
Carla vc sabe que atriz foi convidada e recusou? Eu esqueci, mas é um fato interessante de se contar!
Adorei a matéria!!!
Bjsss
Vi

Related Posts with Thumbnails