Seguidores

24.11.09

A pedidos, Robert Taylor

 

Robert gostava das artes desde cedo. Treinava violino em sua casa, e seguia o pai, um médico, por onde ia. O garoto cresceu, e como cresceu. Tornou-se um belo rapaz de 1.80 de altura, olhos azuis e cabelos negros. Claro que chamava a atenção de todos.

42-22383385

Decidiu seguir os passos do pai, e também ser médico. Sua mãe queria que ele enveredasse na vida artística. E sabe como é mãe, ele se convenceu. Era popular entre as garotas, e logo entrou para um curso de teatro. Lá foi visto por um caça talentos da MGM, que lhe ofereceu um teste. Terminados os estudos, ele procurou o tal homem e conseguiu um contrato de 7 anos no estúdio.

U724987INP

Trocou seu nome para Robert Taylor (o seu nome verdadeiro era Spangler Arlington Brugh) e começou a trabalhar em filmes menores, até que conseguiu o tão almejado sucesso com “Melodia da Broadway de 1936”, “O Cruzado Misterioso” e “Cadetes do Ar”. Trabalhou ao lado das maiores estrelas: Janet Gaynor, Loretta Young, Barbara Stanwyck, Joan Crawford, Jean Harlow, Myrna Loy, Greta Garbo:

SF39774

Ele conheceu Barbara Stanwyck, quando filmavam “A mulher do meu irmão”.

aau92sxki060kx09

Ela, casada. Ele, solteiro. Mesmo assim os dois iniciaram um romance que culminou em um casamento de 12 anos. Terminou quando ele viajou para a Europa e iniciou um caso com uma italiana.

Dentre os romances que teve pós-divórcio, esta o com Eleanor Parker:

EleanorParker

Pois é, mas ele se casaria novamente com Ursula Thiess, com quem esteve até morrer de câncer no pulmão, aos 57 anos. Ela chegou a deixar os filhos de lado, para cuidar dele durante os cinco anos de sofrimento da doença.

 

ursula-thiess

Foram 25 anos de contrato com a MGM.

79 filmes.

1 Globo de Ouro.

JS1565815

Filmes de destaque:

A Dama das Camélias (1936), Três camaradas (1938), A ponte de Waterloo (1940), Caravana de Mulheres ('1951), Quo Vadis (1951), Ivanhóe (1952).

4 comentários:

Viviane Moreira disse...

Delícia....
Amo teus posts!!
Adorei, leitura obrigatória de sempre!!!!
Bjsss
Vi

Magda Miranda disse...

Muito legal essa matéria! beijão.

Júnia L. disse...

Robert Taylor para mim em Dama das Camélias está mais que lindo, um verdadeiro deus, o filme não um dos meus prediletos, mas sua atuação dele com Garbo é maravilhosa e entrou para história do cinema.

siby13 disse...

Mais uma vez fico feliz em ler palavras de carinho ao meu querido Robert Taylor, que aprecio muito e a seus filmes que a cada um que vejo quero ver mais.
Barbara foi uma mulher de muita sorte, pena que se deixou enciumar e acabou por perdê-lo, deveria ter batalhado mais para ficar com ele, pois pelo que consta ela o amou até morrer.
Beijos Carlinha e Parabéns!!!

Related Posts with Thumbnails