Seguidores

24.12.09

Amácio Mazzaropi

mazza3

Mazzaropi nasceu em 1912. Iniciou-se na vida artística aos 15 anos.

Mazza1

Ele era fã de Genésio e Sebastião de Arruda, atores de teatro que faziam sucesso na época. Mazzaropi no início imitava Sebastião. Mas decidiu que era hora de ter seu próprio estilo, e partiu para fazer um caboclo inocente, com que ficaria conhecido.

image

Ele preferiu não dar um nome específico ao personagem. Alguns diziam que Mazzaropi, um sobrenome italiano, em nada lembrava um caipira. Ele não ligou.

image

Mazzaropi passou a fazer sucesso no teatro, e algum tempo depois parte para o cinema. Foi Abilio Pereira de Almeida e Franco Zampari quem lhe fizeram o convite. E o ator partiu para a Vera Cruz, onde fez seus dois primeiros filmes.

image

Pensando em algo maior, o ator vendeu sua casa para conseguir dinheiro e fundou a PAM Filmes (Produções Amácio Mazzaropi), que passou a assinar seus filmes. Surgiram seus filmes mais famosos, Jeca Tatu (uma adaptação do famoso livro de Monteiro Lobato), dentre outros.

image

Uma fazenda foi comprada e lá ele construiu o seu estúdio de gravação. Além de ator, produtor e roteirista, Mazzaropi era também um grande empresário. Seu filme O Corintiano (1972) foi recorde de bilheteria do cinema nacional. Como astro que era, chegou a ser recebido pelo então presidente do Brasil, Emílio Médici.

Pediu apoio ao cinema nacional. Construiu em Taubaté um estúdio maior, com oficina de cenografia e um hotel, utilizado por atores e técnicos (hoje em dia o hotel está aberto ao público que deseje conhecer mais a história do ator).

image

Mazzaropi ainda fazia um filme, quando foi internado. Chamaria-se “Maria Tomba Homem”. Não chegou a finaliza-lo. Morreu aos 69 anoa, em 13 de junho de 1981, vitimado pelo câncer na medula óssea.

O ator, que era homossexual, nunca se casou, mas deixou um filho adotivo.

Filmes

•  O Jeca e a Égua Milagrosa (1980)
•  A Banda das Velhas Virgens (1979)
•  O Jeca e Seu Filho Preto (1978)
•  Jecão... Um Fofoqueiro no Céu (1977)
•  O Jeca Contra o Capeta (1976)
•  O Jeca Macumbeiro (1975)
•  Portugal... Minha Saudade (1974)
•  Um Caipira em Bariloche (1973)
•  O Grande Xerife (1972)
•  Betão Ronca Ferro (1970)
•  No Paraíso das Solteironas (1969)
•  Uma Pistola para Djeca (1969)
•  O Jeca e a Freira (1968)
•  O Corintiano (1967)
•  Meu Japão Brasileiro (1965)
•  O Puritano da Rua Augusta (1965)
O Lamparina (1964)
•  Casinha Pequenina (1963)
•  O Vendedor de Lingüiças (1962)
•  Tristeza do Jeca (1961)
•  As Aventuras de Pedro Malazartes (1960)
•  Jeca Tatu (1960)
•  Zé do Periquito (1960)
•  Chofer de Praça (1959)
•  O Noivo da Girafa (1958)
•  O Gato de Madame (1957)
•  Fuzileiro do Amor (1956)
•  Chico Fumaça (1956)
•  A Carrocinha (1955)
•  Candinho (1954)
Nadando em Dinheiro (1952)
•  Sai da Frente (1952)

Um comentário:

Magda Miranda disse...

Um grande ator do cinema nacional! Inesquecível, notável, talentoso e jamais inigualável. UM "Chaplin" dos trópicos! Claro, Chaplin é sem dúvida o Gênio.

Com este amor pelo cinema, por tudo que Mazaroppi fez pelo cinema nacional merece ser lembrado.

A carreira e o personagem que ele criou serão para sempre imortais.

Related Posts with Thumbnails