Seguidores

17.2.10

Florinda Bolkan: do Ceará para a Itália

By Magda Miranda

 

4115358_061019florinda

Em 15 de fevereiro de 1941, nascia em Uruburetama no Ceará, a atriz Ítalo-brasileira Florinda Soares Bulcão, ou melhor, Florinda Bolkan como passou a ser conhecida quando entrou para o mundo do cinema. Filha do deputado José Pedro e da dona de casa de ascendência índigena, Maria Hosana. Florinda tinha apenas 14 anos quando começou a trabalhar como secretária. Nunca abandonou os estudos e aos 18 anos já tinha diploma de línguas estrangeiras (inglês e francês).

Florinda Bolkan-foto1sm

 

A vida de trabalho começou realmente no Rio de Janeiro para onde se mudou com a família após a morte do pai. Com a fluência nos dois idiomas teve vários empregos o que ajudou a conquistar uma boa posição como “Executive Hostess” pela “Varig Airlines”. Mas Florinda queria mais: ganhar o mundo com suas asas de pássaro livre e em 1963 em companhia de amigos, partiu para visitar Londres e Paris, ficando dois anos na cidade luz. Lá chegou a ser convidada para trabalhar como modelo, mas recusou devido a sua timidez. Aperfeiçoou o seu francês na “Sorbone” e fez um curso de História da Arte no “Museu do Louvre”. Não tendo como se estabilizar na França decide regressar ao Brasil.

florinda-bolkan

as a grande sorte de sua vida estava por vir: em 1967, convidada por amigos italianos, é descoberta em Roma pelo famoso diretor italiano Luchino Visconti, que a convenceu a tornar-se atriz. Assim nascia a estrela brasileira de maior grandeza no cinema italiano. Rapidamente foi escolhida para participar em um filme com Jean-Louis Trintignant e Robert Hossein em Paris, que se chamava “Voleur de crimes”. Em seguida, “Candy in Rome” ao lado do Beatle Ringo Starr, Richard Burton e Marlon Brando. O seu primeiro “Donatello” (O Oscar italiano) vem 1968 com “Metti una sera a cena”, com Jean Louis Trintignant, Annie Girardot e Tony Musante. A partir daí adquire o status de estrela do cinema italiano. Em 1969, o filme em que atuava, “Indagine su un cittadino al di sopra di ogni sospetto” conquista um prêmio no Festival de Cannes e o Oscar em Hollywood de melhor filme estrangeiro.

florinda-bolkan22

 

A consagração total vem com “Anonimo Veneziano” (1970) o filme mais visto daquele ano. Nos anos 70 ela reinava absoluta, tornando-se a n a nº 1 na Itália. Em 1997 decide retornar ao Brasil para filmar “Bella Donna” de Fábio Barreto. Atualmente seu empreendimento tem sido a carreira de cineasta, onde dirigiu “Eu não conhecia Tururú” (2000) e uma ONG que ela criou para dar assistência às crianças carentes do seu Estado, o Ceará. Florinda está no rol das grandes estrelas brasileiras de carreira internacional como Carmen Miranda, Sônia Braga, Norma Bengell e Denise Dumont. Seu perfil é o de uma mulher forte, sensual, elegante e sofisticada.

florinda

Texto original retirado do blog de Magda Miranda

3 comentários:

Júnia L. disse...

Carla,
pode ficar a vontade e pegar o que achar interessante no Vintage, a casa é sua!!!!
bjoooooo

Júnia L. disse...

Carla,
pode ficar a vontade e pegar o que achar interessante no Vintage, a casa é sua!!!!
bjoooooo

M. disse...

É sempre bom saber dos nossos maiores talentos lá fora.

Related Posts with Thumbnails