Seguidores

14.5.10

Cary Grant: o que NÃO fazer quando se conhece um astro…

Cary Grant estava nos estúdios quando foi chamado ao telefone. Era Noel Coward chamando-o para ir em sua casa. Tinha também chamado Greta Garbo, disse. A grande ídola de Grant. "Chegue em casa a tempo de conhecê-la heim? Ela me disse que gostaria de falar com você!".

Noel Coward

Pronto. Quando Cary desligou, suas mãos tremiam. No meio da manhã, pensando no encontro, ele já estava em pânico: ela era linda, talentosa, distante, uma lenda e ele estava com medo de conhecer!! Chegou a tarde e ele resolveu ensaiar como iria falar com ela. Iria dizer o quanto era maravilhosa, o quanto admirava e respeitava sua carreira, dentre outras coisas. Tudo certo. Ia dar tudo certo.

Greta Garbo

A noite, enquanto dirigia, ele continuava ensaiando frases e movimentos. Chegou à casa de Noel Coward. Caminhou lentamente, suando, e lá na sala, avistou logo a sueca. Noel sorriu e fez as vezes, o chamou para apresentá-los: "Greta, eu gostaria que você conhecesse Cary Grant..."

Ela sorriu. Cary abriu a boca e...não conseguiu pronunciar uma só palavra. Apertou sua mão, e Greta disse a ele que estava feliz por estar ali. Cary balançou a cabeça. Não lembra de ter dito "uhum". Greta fez uma pergunta que ele não lembrava qual, e outra, e outra, comentou sobre o clima e... vendo que não obtinha resposta finalmente desistiu de conversar com ele. Tudo na maior classe.

No final da noite, Noel levou Garbo até a porta do carro. Cary arrastou-se miseravelmente atrás dele. Quando a atriz estava indo embora, ele conseguiu balbuciar sua primeira fala da noite:
"Muito prazer em conhecê-la. Como você está??". O caso se tornou uma piada entre os amigos de Cary.

Post original do site www.cinemaclassico.com

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails