Seguidores

14.6.10

Lembranças que amargam…

Trecho do livro “Chaplin: Uma vida” do psicanalista Stephen Weissman:

AX020275

Hanwell consistia em uma área de 55 hectares, com prédios em 8 hectares. Os internos ocupavam dormitórios tendo entre 22 e 49 camas. Cada criança tinha direito a um espaço equvalente a 1,80m por 1,80m. As roupas eram guardadas em cestos pendurados aos pés das camas de ferro. As roupas de cama ofereciam o calor necessário, mas os dormitórios e banheiros algumas vezes eram mal aquecidos. A falta de ar fresco na escola como um todo produzia um cheiro disseminado e distinto de corpos acumulados e uma sensação generalizada de sufocamento.

Um indício daquele cheiro conhecido disparouuma lembrança que abalou Chaplin ao visitar Hanwell em 1931. Retornando à sua suíte no Carlton, suas lembranças emocionais deflagradas por aquele aroma havia muito esquecido, fizeram Charlie chorar como uma criança (e por uma criança) durante quase uma hora.”

Chaplin no Orfanato de Hanwell

08-31-school-243

Publicado inicialmente no site www.cinemaclassico.com

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails